quinta-feira, 9 de maio de 2019

Mulheres que colocaram a virgindade a venda na net

Há alguns anos uma brasileira ganhou fama internacional ao colocar sua virgindade a venda na internet numa espécie de leilão virtual. O caso gerou muitos debates entre pessoas favoráveis e contra a venda de “bem” tão precioso. Porém, a situação não foi única, pois existem diversas pessoas que fizeram a mesma proposta de venda...

Vejam abaixo algumas das situações que mais ficaram famosas na internet:



Em 2004 Rosie Reid, uma inglesa com dezoito anos na época, vendeu sua virgindade para pagar seus estudos na Universidade de Bristol. Mais de 400 pessoas se mostraram interessados em seu leilão on-line e Rosie reduziu os participantes a apenas 5, para depois optar por um engenheiro de 44 anos que lhe pagou quase U$ 12.000, ou o equivalente a R$ 38.160 nos dias atuais.

Alina Percea, outra estudante de dezoito anos, também leiloou sua virgindade para ter recursos para pagar seus estudos. O vencedor foi um empresário italiano de 45 anos que desembolsou U$ 12.500 para passar uma noite com a garota. Alina afirmou ainda, que não tinha problemas em realizar o negócio, pois se sentia atraída pelo empresário.
Shatuniha, uma jovem siberiana de apenas 18 anos efetuou um anúncio dizendo que tinha urgência em vender a sua virigindade. Segundo ela, o lance vencedor teria que ter um valor alto e, disse ainda, que o comprador deveria perceber a importância do ato em si. O comprador desembolsou o valor de aproximadamente U$ 27.000, ou R$ 88.086 atualmente.
Em 2010, uma estudante da Nova Zelândia, conhecida pelo apelido de UniGirl, disse estar em uma situação financeira difícil pelo alto custo de sua universidade. Para resolver seus problemas decidiu fazer um leilão online oferecendo sua virgindade. A “oferta” foi arrematada pelo valor de U$ 36.100, ou o equivalente a R$ 114.798 atualmente.
Em 2004 , Cathy Cobblerson quebrou todos os recordes de venda ao colocar sua pureza a venda no Ebay pela bagatela de U$ 100.000, o equivalente a R$ 318.000 atualmente. O Ebay removeu o anúncio rapidamente tornando o destino da virgindade de Kathy desconhecido.
A modelo brasileira Catarina Migliorini, com apenas 20 anos na época, vendeu sua virgindade por U$ 780.000 para um milionário japonês que participou de um leilão online controverso. Sem haver uma divulgação dos motivos que invalidaram o primeiro leilão, a modelo efetuou uma segunda venda, prometendo sua pureza, desta vez, a um milionário de 53 anos, mas pelo que se sabe, o negócio também não acabou se concretizando.
Elizabeth Raine, estudante de medicina, leiloou sua virgindade e recebeu a oferta de U$ 801.000, porém no último minuto, mudou de ideia e cancelou o negocio alegando que seu novo foco seria concluir seus estudos.
No ano de 2005 uma modelo do Peru chamada Graciela Yatako disse precisar urgentemente de dinheiro para o tratamento médico de sua mãe. Para isso, decidiu vender sua virgindade para aquele que pagasse mais. O último lance chegou ao valor exorbitante de U$ 1.500.000.  Porém, ao final, ela timidamente recusou encontrar o rico canadense devido a cobertura que a imprensa fez sobre o negócio.
Em 2008 Natalie Dylan colocou sua virgindade a venda em um leilão online ocorrido no site de um famoso bordel legalizado em Nevada- EUA. O lance mais alto teria sido U$ 3,8 milhões. Mais tarde ela sugeriu que tudo não passava de uma brincadeira, porém ela ainda conseguiu faturar U$ 250.000 de um empresário que fez o deposito , mas desistiu do encontro por se reconciliar com sua ex-mulher.
Haja dinheiro para gastar dessa forma...

...
Postagem Anterior
Próxima Postagem
Postagens Relacionadas

0 comentários:

Ocioso