domingo, 14 de abril de 2019

O misterioso navio fantasma SS Baychimo

Atualmente, as viagens de longa distância podem ser mais agradáveis e relaxantes, muitos dos primeiros marinheiros que se aventuraram ao mar aberto arriscaram suas vidas em um esforço para descobrir o mundo além do que era conhecido na época.

Os oceanos, no entanto, permanecem misteriosos e inexplorados e não é surpreendente que, ao longo do tempo, tenha havido vários mitos com navios fantasmas que, como alguns acreditam,  ainda velejam pelos mares abertos .

O navio cargueiro SS Baychimo possuía 1.322 toneladas e pertenceu à Hudson's Bay Company, construído na Suécia em 1914, era usado para viajar por rotas comerciais nas remotas regiões do Noroeste do Canadá. Ele fez sua primeira viagem em 1914 e foi usado na Europa durante a Grande Guerra, viajando pelo Atlântico no Canadá em 1921.

O cargueiro SS Baychimo passou vários anos no litoral canadense coletando peles, porém em 1 de outubro de 1931, o navio acabou sendo preso no gelo na costa do Alasca e sua tripulação sofreu em uma tempestade severa. Depois de várias tentativas de retorno ao navio, 15 homens decidiram construir um abrigo no gelo para superar a tempestade e esperando que a própria natureza finalmente liberasse o navio, mas em 24 de novembro uma tempestade de neve varreu a área e quando parou, SS Baychimo havia sumido.

O capitão e a equipe deduziram que o navio tinha havia afundado devido a tempestade, mas logo depois ouviram rumores de que o cargueiro SS Baychimo tinha sido arrastado a poucos quilômetros de distância de onde estava preso no gelo. Eles conseguiram encontrar o navio, pegaram sua carga e o abandonaram, acreditando que havia  grandes danos e que o navio não poderia ser salvo.

O navio estava localizado ao longo da costa do Alasca por muitas  décadas. Os relatos sobre seus avistamentos, não são como de outros navios fantasmas que somem no horizonte, pois várias pessoas chegaram a embarcar no navio quando o encontravam. Dizem que em 1933, algumas pessoas que foram surpreendidas por uma tempestade implacável não só desembarcou no navio SS Baychimo como também  passou dez dias na embarcação.

Certa vez, um capitão embarcou no navio na esperança de salvá-lo e finalmente tirá-lo do gelo, porém não obteve sucesso devido ao mau tempo. E durante todos estes anos, o navio fantasma abandonado continuou sua jornada.

A última visão do SS Baychimo foi em 1969, quase quatro décadas depois de ser abandonada no Alasca. Durante anos, parecia um navio vindo do abismo do oceano. Em 2006, o governo do Alasca decidiu investigar isso em um esforço para determinar o destino do navio fantasma abandonado. Nenhum rastro foi encontrado. Talvez o navio cargueiro SS Baychimo tenha se perdido nas águas geladas do Alasca.
...

Postagem Anterior
Próxima Postagem
Postagens Relacionadas

0 comentários:

Ocioso