sexta-feira, 26 de abril de 2019

8 Dicas Para Mudar-se a si Mesmo e aos Outros

Parte 1: Dicas de como promover a mudança em si mesmo.


1- A auto-afirmação abre a mente para mudar
Quando se dão conselhos sobre como mudar, as pessoas ficam muitas vezes automaticamente defensivas, tentando justificar o seu comportamento atual.

Um exercício muito simples - auto-afirmação - pode abrir as mentes das pessoas para a mudança de comportamento.
Um exercício de auto-afirmação envolve simplesmente pensar sobre o que é importante para si - a família, o trabalho, a religião ou qualquer coisa que tenha um significado especial.

Quando as pessoas se auto-afirmam, acham que é mais fácil aceitar a possibilidade de mudança.

2- A mentalidade do crescimento
Acreditar que é possível crescer e mudar é um passo vital na promoção da mudança.

Além disso, os pesquisadores descobriram que as pessoas que aceitam mais fortemente a ideia de que podem mudar, sentem:
•    Menos stresse
•    Menos ansiedade
•    Sentem-se melhor consigo mesmas
•    Estão em melhor condição física


Os psicólogos chamam a isso a "mentalidade do crescimento".

3- Pode a sua personalidade realmente mudar?
Durante muitos anos, os psicólogos de personalidade davam a mesma resposta que qualquer pessimista: não, a personalidade das pessoas não muda.

Nos últimos 15 anos, porém, essa visão mudou e surgiram evidências de que, sim, pode mudar.

4- Basta dizer "chega"
Pode ser possível, "esquecer" deliberadamente os hábitos de longa data, de acordo com as experiências recentes realizadas na Universidade de Regensburg, na Alemanha.

Descobriu-se que dizer apenas a si mesmo para esquecer um hábito, pode revelar-se bastante útil.


Parte 2: Dicas de como promover a mudança nas outras pessoas.


5- Três passos para ajudar alguém a mudar
Em primeiro lugar, a pessoa tem que estar aberta à possibilidade de mudança.

As pessoas tendem a ser muito defensivas acerca dos seus hábitos; comportamentos ou padrões de pensamento, que podem ter levado anos para se desenvolver.

Em segundo lugar, não desistir e continuar ao lado da pessoa mesmo quando ela não conseguir. Lembre-se que é um amigo útil que está interessado no seu bem-estar, mas ainda aceita a pessoa que ela é.

Em terceiro lugar, ajudá-los a desenvolver a auto-consciência. Uma caraterística central dos hábitos é que as pessoas os executam inconscientemente e repetidamente nas mesmas situações.

Um passo vital na mudança de um hábito é identificar a situação em que ele ocorre. Pode ajudar outras pessoas a identificar as situações, apontando suavemente o que parece levá-los a realizar o hábito.

6- Permitir que as pessoas expressem a sua opinião
Mudar a mente de alguém é tão difícil como mudar o seu comportamento. Mas uma dica útil é usar a auto-persuasão. Permita que as pessoas expressem o seu ponto de vista.

7- O viés da confirmação
Uma importante barreira psicológica para mudar a mente é o viés da confirmação.

O viés da confirmação é o fato de que as pessoas procuram por informações que confirmem a sua visão do mundo e ignoram o que não se encaixa. A maneira de lutar contra o desvio da confirmação é simples, mas difícil de pôr em prática. Parece fácil, mas não está na nossa natureza.

Não é divertido pensar sobre porque podemos estar equivocados ou ter sido mal informado. Tente apontar fatos que não se encaixam à outra pessoa.

8- A mudança das mentes
Mudar a mente das pessoas não é apenas dizer-lhes que estão erradas.

As pessoas precisam de ouvir uma versão alternativa. Essa alternativa deve ser curta e doce, precisa de ser repetida e é preciso "atacar" a fonte de qualquer desinformação.
....
Postagem Anterior
Próxima Postagem
Postagens Relacionadas

0 comentários:

Ocioso